Morreu Sérgio Sant’Anna, mestre do conto em língua portuguesa

O escritor brasileiro, autor de O vôo da Madrugada, tinha 78 anos e estava internado no Rio de Janeiro com covid-19. A sua irmã anunciou no Facebook que o escritor morreu neste domingo.

,Companhia das Letras
Foto
Sérgio Sant'Anna DIVULGAÇÃO CHICO-CERCHIARO

Sérgio Sant’Anna morreu aos 78 anos neste domingo, no hospital Quinta D'Or, do Rio de Janeiro, onde estava internado com covid-19 desde o dia 3 de Maio. A sua irmã mais velha, a escritora Sónia Sant'Anna, anunciou-o no Facebook. “Meus queridos, o Sérgio se foi. Depois a gente se fala mais. É tão estranho saber que não vou mais ver aquele que conheci no dia mesmo em que nasceu. ” E o seu filho, o escritor André Sant'Anna, confirmou-o ao jornal O Globo. Foi no conto que se consagrou como um dos mais importantes escritores da língua portuguesa, mas a sua obra é variada, quer no género (do conto ao romance, passando pelo teatro e poesia), quer nos temas.