,Campinas
São Vicente, em 1532, a primeira vila fundada por portugueses na América do Sul/Benedito Calixto de Jesus - Fundação de São Vicente, Acervo do Museu Paulista da USP

As epidemias foram a arma silenciosa da conquista da América

A chegada de portugueses e espanhóis à América desatou um cataclismo biológico entre os povos indígenas. As doenças que viajaram com os europeus nas caravelas dizimaram o novo mundo. “Quem trouxe ao Maranhão a praga dos holandeses, a praga das bexigas, a fome e a esterilidade?”, perguntava o padre António Vieira.

Os índios do Xingu sabem como matam as doenças que chegam de fora e barricaram-se para se protegerem da covid-19.