Yorgan de Castro, o lutador que quer tudo e não quer perder mais tempo

O lutador luso-caboverdiano de MMA entra em acção nesta madrugada num combate do cartaz principal do UFC 249.

Foto
Yorgan de castro em acção no UFC 243, em Melbourne Darrian Traynor/Getty Images

“Isto não é a natação ou o futebol, em que tem de se começar aos cinco anos.” Fala quem sabe. Paulo Magalhães, treinador de boxe e director da secção de desportos de combate do Benfica, já deve ter trabalhado com centenas de aspirantes a lutadores. Um deles, e não deve ter sido o único, começou tarde e começou a perder. Yorgan de Castro só chegou às lutas depois dos 20, mas não foi por isso que não se deu bem. E, nesta madrugada (SPTV2, 3h), o homem que leva uma bandeira feita de duas (Cabo Verde e Portugal) vai estar num octágono da Ultimate Fighting Championship (UFC), sem público, mas com o mundo a ver.