Covid-19: cada mês de aplicação das medidas custa 1340 milhões ao OE

Programa de Estabilidade apresenta efeito nas contas públicas das acções de combate à crise. Layoff simplificado é a medida com maior impacto.

Foto
Nuno Ferreira Santos

Num Programa de Estabilidade diferente do normal, em que não são feitas nem previsões para a variação do PIB nem se traçam metas para o défice público, o Governo limita-se a calcular qual o impacto nas contas públicas das medidas adoptadas no combate ao impacto do novo coronavírus. E, com impacto directo e imediato no défice, são mais 1340 milhões de euros por cada mês de implementação de medidas, um valor a que se tem de acrescentar despesas de 568 milhões de euros que serão realizadas apenas uma vez.