Coronavírus

Covid-19: o que “gritam” as paredes do Porto?

Em frente à estação do metro da Trindade Ana Marques Maia
Fotogaleria
Em frente à estação do metro da Trindade Ana Marques Maia

Gritam revolta, medo, preocupação. De forma pouco articulada, a maior parte das vezes; sem um plano, sem arte. No Porto, ao contrário do que acontece noutras cidades do mundo, os artistas urbanos e graffiters parecem não ter ainda tomado de assalto as paredes para expressarem ideias relativas ao actual cenário de pandemia. Mas podemos estar enganados e, por isso, precisamos da vossa ajuda. O que hoje vemos inscrito nos muros da segunda cidade mais acossada pela covid-19, em Portugal, é uma tímida vaga de ousadas mensagens — deixadas, em muitos casos, por pessoas que integram movimentos políticos. "Quarentena é privilégio de classe", pode ler-se ao fundo da Rua do Monte Tadeu, local onde também está inscrita a mensagem "Ó bófia! Não me covides!". Com o esvaziamento das ruas, o pulso da arte urbana da cidade parece ter perdido o vigor. Verdade? Até quando?

Perante esta primeira amostra, o P3 lança um desafio: se vires arte urbana no Porto relativa à pandemia de covid-19, envia-nos um e-mail ([email protected]) com uma imagem e o endereço onde o encontraste.

Rua Miguel Bombarda
Rua Miguel Bombarda Ana Marques Maia
Rua do Monte do Tadeu
Rua do Monte do Tadeu Ana Marques Maia
Avenida Rodrigues de Freitas
Avenida Rodrigues de Freitas Ana Marques Maia
Rua do Amial
Rua do Amial Ana Marques Maia
Praça de Carlos Alberto
Praça de Carlos Alberto Ana Marques Maia
Avenida Rodrigues de Freitas, diante da Faculdade de Belas Artes
Avenida Rodrigues de Freitas, diante da Faculdade de Belas Artes Ana Marques Maia
Avenida Rodrigues de Freitas, sobre a parede da Biblioteca Municipal do Porto
Avenida Rodrigues de Freitas, sobre a parede da Biblioteca Municipal do Porto Ana Marques Maia
Rua Monte do Tadeu
Rua Monte do Tadeu Ana Marques Maia
Rua Dom João IV
Rua Dom João IV Ana Marques Maia
Travessa da Figueiroa
Travessa da Figueiroa Ana Marques Maia
Praça do Marquês
Praça do Marquês Ana Marques Maia
Sugerir correcção