BE propõe 438 euros de subsídio especial sem exigir descontos

Sem garantias do Governo, Bloco lança projecto de lei para apoiar quem está excluído das prestações excepcionais — dos trabalhadores da limpeza sem contribuições aos advogados, passando pelos trabalhadores informais ou com salários intermitentes.

Foto
Projecto de lei foi anunciado ontem por Catarina Martins e deverá ser entregue hoje no Parlamento Bruno Lisita

A proposta do Bloco de Esquerda (BE) de criar um “subsídio extraordinário de desemprego e de cessação de actividade” para os trabalhadores por conta de outrem ou independentes sem descontos à Segurança Social não abrange só estas duas situações. Apesar de esse ser o nome oficial da iniciativa que hoje deverá dar entrada no Parlamento, o alcance é mais vasto.