Turismo prestes a arrancar de olhos postos nos milhões do mercado interno

Com o início da reabertura da economia e as férias de Verão a aproximar-se, agentes do sector esperam movimentação dentro de fronteiras. Turismo de Portugal prepara campanha para “incentivar os portugueses a fazerem férias no seu país”.

Foto
Julho deverá ditar o arranque do sector nas zonas balneares, interior do país e ilhas Mario Lopes Pereira

Atingidas em cheio pelo novo coronavírus, e apenas com a certeza de descida de receitas este ano, é no mercado interno que as empresas ligadas ao turismo concentram as suas esperanças. “Face aos constrangimentos do transporte aéreo e das restrições nas fronteiras, é expectável que a chegada de turistas internacionais a Portugal seja muito afectada”, diz o presidente da Confederação do Turismo de Portugal (CTP), Francisco Calheiros.