Multibanco mostra que consumo caiu mais em Lisboa durante o confinamento

Dados da SIBS sugerem afluência crescente nas lojas durante a última semana do estado de emergência. Lisboa tinha sido a região com maior queda no confinamento.

Foto
Daniel Rocha/Arquivo

Os portugueses fizeram mais compras físicas na última semana do estado de emergência, segundo os dados da entidade gestora da rede Multibanco, a SIBS. Houve um aumento em todo o território nacional, com poucas diferenças regionais, e que globalmente se cifra num aumento médio de quase 16 pontos.

O retrato da utilização da rede multibanco em compras físicas e online foi divulgado nesta terça-feira. E continua a mostrar o impacto do coronavírus nos hábitos de consumo em Portugal.

PÚBLICO -
Foto
SIBS Analytics

Já se sabia que o número de operações tinha caído para metade, no início do confinamento, quando comparado com a média de 1 de Janeiro a 1 de Março. Agora, pela primeira vez, há dados regionais. Que mostram que o maior abrandamento no consumo durante o período em que Portugal esteve em estado de Emergência aconteceu na região de Lisboa e Vale do Tejo.

“Entre 23 a 29 de Março, as compras físicas nesta região recuaram 62 pontos relativamente à média antes do registo do primeiro caso de covid-19”, aforma a SIBS.

“Já na última semana, de 27 de Abril a 3 de Maio, o número de compras na rede Multibanco nesta região registou um aumento de 14 pontos. Ainda assim, Lisboa e Vale do Tejo encontra-se a cerca de metade do total de compras físicas quando comparado com o período antes da pandemia.”

Na última semana de confinamento obrigatório, subiu a afluência às lojas e o número de operações na rede Multibanco. Em termos nacionais, esse crescimento conduziu ao valor mais elevado das últimas seis semanas. Ainda assim, o total nacional fica 41 pontos abaixo do número médio de compras antes da pandemia.

Muitos consumidores viraram-se para as compras online, como tem sido noticiado. A SIBS diz que há um “aumento significativo” no comércio electrónico, “com o número médio de compras no e-commerce praticamente ao nível do período antes da pandemia”.

A subir esteve também o uso do MB Way, tanto para as compras online como na rede Multibanco. Na última semana do estado de emergência, as compras através deste serviço “atingiram os níveis mais elevados já registados nesta análise semanal da SIBS”, chegando aos 31 pontos acima da média antes do registo do primeiro caso de covid-19 em Portugal (a 2 de Março).

Nas compras na rede Multibanco, o uso do MB Way subiu 20 pontos.

Sugerir correcção