Projecto de longa-metragem de animação de Zepe receberá um milhão de euros do ICA

Dom Fradique, uma história de pássaros e gatos, terá realização de José Pedro Cavalheiro e argumento de Regina Guimarães.

Foto
DR

O projecto da longa-metragem de animação Dom Fradique, do realizador José Pedro Cavalheiro (Zepe), receberá um milhão de euros de apoio financeiro, revelou o Instituto do Cinema e do Audiovisual (ICA).

O montante diz respeito ao concurso de 2019, de apoio financeiro para a produção de uma longa-metragem de animação, ao qual concorreram oito candidaturas. O apoio será apenas para uma produção, tendo sido seleccionada Dom Fradique, do realizador Zepe, com argumento de Regina Guimarães.

De acordo com materiais já produzidos para este projecto, divulgados pelos AIM Creative Studios, a narrativa é protagonizada por pássaros e gatos, num cenário entre a floresta e a cidade, e onde sobressai o “pássaro filósofo” Dom Fradique.

Esta será a primeira longa-metragem de animação de Zepe, 64 anos, autor de várias curtas de animação, entre as quais as premiadas Cândido (2007), Stuart (2006).

Nascido no Porto em 1956, professor, realizador e investigador, José Pedro Cavalheiro tem formação em Belas Artes e cinema de animação, coordenou a licenciatura em Arte Multimédia na Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, fundou as produtoras Animais e Insectos e esteve na génese do Centro de Imagem e Técnicas Narrativas no Centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian.

Em anos anteriores, o concurso de apoio à produção de longas-metragens de animação beneficiou apenas dois outros projectos cinematográficos que estão ainda em produção: em 2014, Nayola, de José Miguel Ribeiro e Jorge António, e em 2017 Os Demónios do Meu Avô, de Nuno Beato.

Dada a morosidade de montagem financeira, produção e finalização de uma longa-metragem de animação, o concurso do ICA estipula um prazo de seis anos aos produtores para a entrega da cópia final do filme.

Sugerir correcção