Fotogaleria

Eles só querem comer, o resto é paisagem

São cerca de 50 os sem-abrigo de Aveiro Adriano Miranda
Fotogaleria
São cerca de 50 os sem-abrigo de Aveiro Adriano Miranda

A Florinhas do Vouga, que faz agora 80 anos, é uma das instituições que garantem alimentação, tratamento e o conforto possível à comunidade de sem-abrigo de Aveiro. São cerca de 50 pessoas que, mesmo em tempo de pandemia, continuam, sobretudo, preocupadas em garantir pelo menos uma refeição diária. 

Refeição distribuída pela Florinhas do Vouga
Refeição distribuída pela Florinhas do Vouga Adriano Miranda
Voluntário da Florinhas do Vouga
Voluntário da Florinhas do Vouga Adriano Miranda
Consumo de metadona distribuída pelos técnicos todos os dias
Consumo de metadona distribuída pelos técnicos todos os dias Adriano Miranda
Muitos sem-abrigo ocupam casas, edifícios públicos e armazéns abandonados
Muitos sem-abrigo ocupam casas, edifícios públicos e armazéns abandonados Adriano Miranda
Voluntário da Florinhas do Vouga
Voluntário da Florinhas do Vouga Adriano Miranda
Controlo de saúde junto da comunidade de sem-abrigo
Controlo de saúde junto da comunidade de sem-abrigo Adriano Miranda
Os técnicos insistem com os sem-abrigo que devem usar máscara e lavar as mãos com frequência. Mas percebe-se que o conselho cai em saco-roto
Os técnicos insistem com os sem-abrigo que devem usar máscara e lavar as mãos com frequência. Mas percebe-se que o conselho cai em saco-roto Adriano Miranda
A Florinhas do Vouga distribui junto dos mais carenciados todo o tipo de bens, inclusive electrodomésticos
A Florinhas do Vouga distribui junto dos mais carenciados todo o tipo de bens, inclusive electrodomésticos Adriano Miranda
Refeição distribuída pela Florinhas do Vouga
Refeição distribuída pela Florinhas do Vouga Adriano Miranda
Toma de metadona
Toma de metadona Adriano Miranda
Entre os conselhos dos técnicos por causa da pandemia alguém diz: “Se morrer, morri. Também... o que ando aqui a fazer?”
Entre os conselhos dos técnicos por causa da pandemia alguém diz: “Se morrer, morri. Também... o que ando aqui a fazer?” Adriano Miranda
Em Aveiro, os pedidos de auxílio têm aumentado exponencialmente
Em Aveiro, os pedidos de auxílio têm aumentado exponencialmente Adriano Miranda
Distribuição de medicamentos
Distribuição de medicamentos Adriano Miranda
O balneário e a lavandaria dão resposta a cerca de 20 utentes
O balneário e a lavandaria dão resposta a cerca de 20 utentes Adriano Miranda
A cantina social distribui cerca de 100 refeições diárias
A cantina social distribui cerca de 100 refeições diárias Adriano Miranda
Voluntário da Florinhas do Vouga
Voluntário da Florinhas do Vouga Adriano Miranda
Distribuição de refeições pela Florinhas do Vouga
Distribuição de refeições pela Florinhas do Vouga Adriano Miranda
Quem não tem casa, usa os jardins da cidade para comer as refeições distribuídas pela Florinhas do Vouga
Quem não tem casa, usa os jardins da cidade para comer as refeições distribuídas pela Florinhas do Vouga Adriano Miranda
Sem-abrigo numa casa ocupada
Sem-abrigo numa casa ocupada Adriano Miranda
Distribuição de refeições pela Florinhas do Vouga
Distribuição de refeições pela Florinhas do Vouga Adriano Miranda
Sem-abrigo numa casa ocupada
Sem-abrigo numa casa ocupada Adriano Miranda
Na panela há asas de frango
Na panela há asas de frango Adriano Miranda
Distribuição de refeições pela Florinhas do Vouga
Distribuição de refeições pela Florinhas do Vouga Adriano Miranda
À noite, enroscam-se no soalho velho ou no cimento húmido
À noite, enroscam-se no soalho velho ou no cimento húmido Adriano Miranda
Roupa armazenada para a comunidade de sem-abrigo da cidade
Roupa armazenada para a comunidade de sem-abrigo da cidade Adriano Miranda
Voluntário da Florinhas do Vouga
Voluntário da Florinhas do Vouga Adriano Miranda
Voluntário da Florinhas do Vouga
Voluntário da Florinhas do Vouga Adriano Miranda
Distribuição de refeições pela Florinhas do Vouga
Distribuição de refeições pela Florinhas do Vouga Adriano Miranda
O conforto possível dentro de uma casa ocupada
O conforto possível dentro de uma casa ocupada Adriano Miranda
O telhado de uma das casas ocupadas ameaça desabar
O telhado de uma das casas ocupadas ameaça desabar Adriano Miranda
Durante o dia, alguns sem-abrigo arrumam carros, coisa rara nos dias de pandemia, e pedem junto aos hipermercados
Durante o dia, alguns sem-abrigo arrumam carros, coisa rara nos dias de pandemia, e pedem junto aos hipermercados Adriano Miranda
Objectos pessoais dos sem-abrigo numa casa ocupada
Objectos pessoais dos sem-abrigo numa casa ocupada Adriano Miranda
São cerca de 50 os sem-abrigo de Aveiro
São cerca de 50 os sem-abrigo de Aveiro Adriano Miranda
Sugerir correcção