Ensaio

Novas oportunidades para o sistema de ensino: que fazer?

Alguns dirão que este programa de acção é muito ambicioso e que se parece mais com um programa para 30 anos do que para uma intervenção de médio prazo. A esses dizemos: olhem a realidade e leiam uma segunda vez. O tempo da indolência para resolver problemas básicos de democracia e direitos terminou. Que venham debater os que souberem e quiserem responder à pergunta: que fazer?