Lavar os óculos com água e sabão pode resultar
Foto
Lavar os óculos com água e sabão pode resultar LUSA/JULIEN WARNAND

Como usar óculos e máscara sem embaciar as lentes?

Se usas óculos, certamente já te deparaste com este problema: assim que colocas a máscara de protecção, as lentes dos óculos embaciam-se. São várias as sugestões para resolver o problema, mas podem não resultar de igual forma para todos.

Usar óculos e máscara de protecção em simultâneo tem sido uma dificuldade para muitos, em tempos de pandemia de covid-19. Com a respiração, as lentes dos óculos ficam embaciadas. Como resolver este problema? O The New York Times pediu sugestões a profissionais de saúde que também enfrentam este desafio.

A solução pode estar na forma como a máscara é colocada, de forma a melhorar o ajustamento ao rosto. No caso das máscaras de protecção médicas, é possível moldar as tiras de metal dobráveis para melhor se adaptarem ao nariz. Às máscaras caseiras podem adicionar-se limpa-cachimbos (arames cobertos de tecido) para obter o mesmo efeito.

Apertar bem a máscara é outro aspecto fundamental. Os elásticos nas orelhas devem estar bem ajustados. A máscara não está bem colocada se o ar estiver a sair ou a entrar pelos lados. Há também quem sugira a utilização de fita adesiva médica ou desportiva para colar bem a máscara na zona do nariz.

Puxar a máscara o máximo possível para cima do nariz e usar o peso dos óculos para impedir a passagem do ar é outra das opções, desde que a máscara continue a proteger a zona do queixo. Outra possibilidade passa por colocar os óculos mais para a frente no nariz, permitindo assim que o ar circule melhor e não embacie as lentes — mas apenas se não prejudicar a visão.

Soluções caseiras

As soluções apresentadas pelo The New York Times não são universais, ou seja, podem não resultar de igual forma para todos. Lavar os óculos com água e sabão e deixá-los secar naturalmente pode ajudar. A água com sabão cria uma espécie de película que impede as moléculas de água de formarem gotículas, que acabam por embaciar os óculos. No entanto, para José Manuel González-Meijome, professor catedrático na Universidade do Minho e especialista em Optometria, o sabão deve ser encarado como “último recurso” porque “vai sempre afectar a qualidade da imagem”.

“O sabão vai tornar a superfície mais turva porque não é completamente transparente. Mesmo que seja transparente, a camada não vai ser perfeitamente uniforme, o que vai criar uma distorção”, explica González-Meijome.

Outras sugestões populares incluem lavar as lentes com champô para bebé, pasta de dentes, creme de barbear e até vinagre, mas a eficácia não é garantida. 

Há também à venda produtos antiembaciamento, como toalhetes e sprays. Para Sofia Matos, professora na Universidade do Minho e mestre em Optometria, alguns produtos que se colocam nas lentes podem ser uma “solução bastante eficaz”. “Trata-se de um produto que se coloca nas lentes, uma espécie de pomada com uma camurça. Esfrega-se na lente e o excesso de produto é retirado com a camurça. Evita, em grande parte, o embaciamento e está à venda nas ópticas”, explica Sofia Matos.

Este produto “vai perdendo a eficácia com o lavar dos óculos, depois é preciso renovar a bisnaga”, afirma. “Muitas vezes, as pessoas aplicam quando cozinham, quando passam a ferro, por exemplo.” Sofia Matos acrescenta que “também há, no mercado, algumas lentes antiembaciamento”.

Usar lentes de contacto pode ser a alternativa, mas não para já. “As pessoas que se estão a deparar com essa dificuldade devem ponderar, caso tenham condições para o seu uso definidas pelo optometrista ou pelo oftalmologista, usar lentes de contacto porque vamos ter de estar com máscaras durante algum tempo”, sugere José Manuel González-Meijome.

O especialista em Optometria refere, também, que, por motivos profissionais, quem tenha a dificuldade de usar óculos com máscara pode procurar esta solução, “à medida que vão abrindo os consultórios de oftalmologia e de optometria”.

Sugerir correcção