“Não era preciso uma pandemia para mostrar a importância do SNS”

A igualdade substantiva no acesso à saúde e à educação é, a par das liberdades políticas, o músculo da democracia portuguesa. E também se deve à revolução.

Foto
O SNS continua a ser a "jóia da coroa" da democracia substantiva portuguesa Adriano Miranda

A democracia não é só igualdade política, mas a igualdade substantiva que lhe dá músculo. E os estudos elaborados sobre os 45 anos da democracia portuguesa revelam que o acesso à saúde, à educação, a habitação ou a capacidade de integração existentes em Portugal são marcas fortes imprimidas pela origem revolucionária da nossa democracia.