Rafael Toral: “No fundo de um vale, no meio de lado nenhum”

Desde 2014 que o músico vive num vale da Serra do Açor, perto de Côja, Arganil. Não esperava gostar tanto deste pensar e gerir o tempo com a ligação aos ciclos, à terra.

Foto

Rafael Toral foi morar com a família “mesmo para o fundo de um vale, para o meio de lado nenhum”. São estas as palavras usadas pelo músico para descrever a zona da Serra do Açor, perto de Côja, Arganil, a 800 metros da aldeia mais próxima, onde mora desde 2014. É aí que passa as manhãs no estúdio e as tardes a trabalhar no campo.