Combater as sombras com as armas do som

Álbum de estreia dos portugueses el Sur enquanto quinteto, Todas as Sombras junta Neruda, Violeta Parra, Lupicínio Rodrigues e José Saramago numa banda sonora de contestação para os nossos dias e as suas sombras.

Foto
Filipe Serralheiro

Gaivotas no Cais das Colunas, um homem de braço levantado parecendo segurar uma delas, um horizonte de céu e mar toldado a cinza: a capa de Todas as Sombras, do grupo português el Sur, é já uma antevisão do que o disco sonoramente nos traz. E o gesto do homem, que vemos de costas, aproxima-nos da poesia e da música que no disco são uma banda sonora de contestação para os nossos dias e as suas sombras. Da América Latina hispânica (Pablo Neruda, Violeta Parra) ao Brasil (Mangueira, Lupicínio Rodrigues), passando pela poesia portuguesa de Eugénio de Andrade e José Saramago, Todas as Sombras está já nas plataformas digitais e também em CD, logo que reabram as lojas.