Branimir Balogovic/Unsplash
Foto
Branimir Balogovic/Unsplash

Megafone

Ser Voluntário… no SOS Vizinho

Queres fazer voluntariado mas não sabes por onde como começar? A rubrica Ser Voluntário dá uma ajuda.

Área Geográfica: Nacional
Tema: Apoio a Vizinhos

Tendo em conta a realidade que vivemos, o SOS Vizinho nasceu com o objectivo de fazer chegar aos grupos de risco — com 65 anos ou mais velhos e doentes crónicos (como hipertensos, pessoas com problemas cardíacos e cardio-respiratórios, diabéticos, pessoas imunodeprimidas e com doenças auto-imunes, entre outras) — os bens essenciais para evitar que tenham que sair de casa.

Assim, a iniciativa quer ajudar a sinalizar os grupos/doentes de risco de cada região e criar uma rede de distribuição, através de voluntários/as. Com uma rede de voluntários espalhados pelo país, é possível apoiar estes grupos de risco, cientes de todos os cuidados necessários neste momento para evitar o contágio.

Qual o impacto do SOS Vizinho?

O SOS Vizinho é uma iniciativa de âmbito nacional e conta com a parceria da CASES, da Associação Nacional de Freguesias e de empresas como a Altice e a Ageas.

Como posso ajudar?

Todos os que pretendem ajudar poderão inscrever-se através do site do projecto, onde é também disponibilizado um manual do voluntário e descritos os procedimentos de segurança nos vários cenários, desde a recepção do pedido de apoio até à sua concretização. 

O papel do voluntário está divido em quatro passos: receber o pedido, realizar a compra, entregar o pedido no domicílio e receber o pagamento.

Sugerir correcção