Torne-se perito Entrevista

“O euro tem hoje uma rede de protecção incomparavelmente superior à da crise de 2008”

Mário Centeno considera que a economia e as finanças públicas da União têm hoje mais trunfos para responder a uma crise grave.

Foto
Nuno Ferreira Santos

O ministro das Finanças e presidente do Eurogrupo lembra que algumas das deficiências da moeda única foram superadas, a economia cresceu 25 trimestres consecutivos e há 14 países com os défices sob controlo. São argumentos que lhe permitem uma visão mais optimista sobre a capacidade da zona euro enfrentar a crise. Até porque, hoje, a França e a Alemanha têm uma “visão muito clara e muito construtiva” sobre o caminho a percorrer.