Últimos 20 testes deram negativo na Misericórdia de Alverca

Foram detectados 58 casos do novo coronavírus no lar da Misericórdia de Alverca. Idosos não infectados retirados para unidade hoteleira.

Foto
Tiago Lopes

Os testes efectuados aos 20 utentes da Misericórdia de Alverca que ainda não haviam sido rastreados deram resultado negativo para a covid-19. Os resultados foram conhecidos ao fim da tarde deste sábado e permitem, agora, delinear uma estratégia para o funcionamento da instituição nas próximas semanas. Estes vinte utentes negativos vão, assim, juntar-se aos 30 que já foram transferidos, durante a tarde, para uma unidade hoteleira contratada pela Câmara de Vila Franca de Xira. Em dois dos quatro pisos do principal lar da Misericórdia de Alverca permanecerão os 35 dos 39 utentes com resultado positivo para o novo coronavírus – quatro estão internados no Hospital vila-franquense.

Entretanto, as instalações da Associação de Assistência e Beneficência Misericórdia de Alverca (AABMA) serão objecto de acções de desinfecção dos seus espaços interiores e a situação continuará a ser acompanhada em permanência pela autoridade de saúde e pelos Serviços Municipais de Protecção Civil. A AABMA tem, também, 19 dos seus 81 funcionários infectados (igualmente colocados em isolamento profiláctico em espaços cedidos pela Câmara) e os seus responsáveis têm alertado para a necessidade de reforçar os recursos humanos da instituição nos próximos dias. A Câmara garante que essa questão terá resposta da Segurança Social e um por um banco de voluntariado.

“Salvo situações pontuais, devidamente encaminhados para o Hospital de Vila Franca de Xira, a esmagadora maioria dos casos positivos (utentes e trabalhadores) encontram-se actualmente assintomáticos ou apresentam sintomatologia ligeira, não carecendo por isso de apoio hospitalar”, sustenta, ainda, a Câmara de Vila Franca de Xira.

Ao longo da tarde deste sábado desenvolveu-se a operação de transferência dos utentes não infectados do lar principal da instituição. Durante a madrugada de sábado foram conhecidos mais resultados de testes anteriormente efectuados e o número de casos confirmados de infecção com o novo coronavírus subiu para 58 entre os funcionários e utentes dos lares da Misericórdia de Alverca.

A Associação de Assistência e Beneficência Misericórdia de Alverca (AABMA) tem duas unidades de acolhimento de idosos. No edifício principal estavam 69 utentes, distribuídos por quatro pisos. Na unidade mais pequena ficavam outros 20 utentes. No global, a AABMA tem 81 funcionários. Dos 160 testes efectuados, 72 deram negativo.

Alberto Mesquita, presidente da Câmara vila-franquense, afirma que a realização de testes em lares de idosos tem sido uma preocupação no concelho, que já foram realizados testes na Misericórdia de Alhandra e na Casa São Pedro e que, neste sábado, decorreu a recolha de amostras para teste no lar da Fundação CEBI. “Conseguimos, também, que a partir da próxima semana se venha a fazer testes a 1800 pessoas que estão em lares do concelho, entre utentes e funcionários”, acrescentou o edil, assegurando que esta operação vai contemplar os lares de instituições sociais e os lares privados.