Coronavírus

Jovens são os mais ameaçados pelo desemprego e a pobreza

Mudanças laborais em curso agravam desigualdades entre géneros e entre trabalhadores. Teletrabalho sem filhos até é produtivo, se cortar reuniões e notificações.