Ex-bastonária fez Ordem contratar amiga e patrono

Auditoria do Tribunal de Contas encontra irregularidades durante mandato da ex-bastonária da Ordem dos Advogados. Só em ajustes directos a Ordem gastou mais de um milhão de euros em três anos.

Bâtonnier
Foto
neg nelson garrido

A ex-bastonária dos advogados Elina Fraga contratou de forma irregular dois amigos, o patrono e uma futura sócia, para prestarem serviços à Ordem quando ocupava este cargo. Vice-presidente do PSD até Fevereiro passado, a antiga representante máxima dos advogados gastou quase 1,2 milhões de euros na contratação de serviços jurídicos por ajuste directo cuja prestação não é sequer passível de ser comprovada na sua totalidade, concluiu o Tribunal de Contas (TdC), num relatório divulgado esta terça-feira.