Coronavírus

“Choque inimaginável” na economia faz subir défice em 6000 milhões

Mário Centeno projecta queda do PIB no segundo trimestre próxima de 20%, mas diz que em termos anuais não se deverá chegar aos dois dígitos. Já o défice público deverá voltar a ficar acima dos 3% do PIB.