Zizek sobre a pandemia

“O resultado mais provável é que um novo capitalismo bárbaro prevalecerá”

O ritmo de trabalho de Slavoj Zizek já era torrencial, mas a quarentena por causa da pandemia de covid-19 parece ter intensificado a sua produção ensaística. Entre vários artigos publicados, acaba de lançar aquele que é um dos primeros livros sobre a actual crise, Pandemic (OR Books), cujos direitos de autor serão doados aos Médicos sem Fronteiras. Neste ensaio enviado em exclusivo ao P2, o filósofo esloveno aborda a dificuldade de vermos aquilo que está à nossa frente e vaticina um pós-covid-19 pouco auspicioso.