Ípsilon

Livros

“Vamos tender a encarar o livro como multiformato”

Pode ser a maior crise da história da edição em Portugal. Com as livrarias fechadas, os escritores tentam a aproximação virtual aos leitores. Os editores continuam a produzir livros mas estão a retê-los para os lançarem quando o mercado abrir. As tendências da desmaterialização que existiam no sector aceleram-se.