Saúde

Recuperar da covid-19 e regressar à (possível) normalidade

Sílvia Cunha foi a primeira doente em Portugal a ser tratada em internamento domiciliário. O marido, Vítor, trabalha na mesma fábrica onde trabalha Casimiro Sousa, o primeiro paciente positivo da covid-19. Quando começaram a apresentar sintomas, decidiram fazer o teste. O primeiro foi Vítor, que acusou a presença do vírus e ficou desde logo internado. No dia seguinte, Sílvia soube que estava também infectada e que o filho José Rodrigo, de 11 anos, tinha escapado. 

Mais de duas semanas depois, o casal foi dado como recuperado. É agora altura de seguir em frente. Com a família novamente reunida, Sílvia fala ao PÚBLICO sobre como foi todo este processo, bem como sobre o que se segue: o regresso à (possível) normalidade.

Descarregue a app do PÚBLICO, subscreva as nossas notificações e esteja a par da evolução do novo coronavírus.

Sugerir correcção