Para uma Páscoa diferente, um borrego diferente

Para esta Páscoa diferente, o chef Hermínio Costa, do restaurante Egoísta, na Póvoa de Varzim, sugere um borrego estufado acompanhado de couscous de legumes com frutos secos.

Foto
Hermínio Costa DR

Apesar dos condicionalismos, a tradição pascal pode sentar-se à mesa e trazer acrescentos. Com um pé nas raízes e o outro nos detalhes, há cheiros e sabores que nos transportam para momentos de conforto, aquecendo o coração e criando novas memórias.

Para esta Páscoa diferente, o chef Hermínio Costa, do restaurante Egoísta, na Póvoa de Varzim, sugere um borrego estufado acompanhado de couscous de legumes com frutos secos.

Para seguir a sua receita, comece por partir 1,5 kg de borrego aos bocados e corá-lo em banha. Prepare o refogado com azeite, presunto, cebola e alho picado, cenoura às rodelas, alho francês laminado e tomate aos bocados.

PÚBLICO -
PÚBLICO -
PÚBLICO -
PÚBLICO -
PÚBLICO -
Fotogaleria

Deixe corar e refresque com vinho branco. Junte a carne e tempere a gosto com alecrim, malagueta, pimenta, tomilho, salsa, louro e sal. Tape. Acrescente água aos poucos até cozer e vá rectificando os temperos, se necessário.

Para o couscous, coloque 7 dl de água ao lume, com 4 colheres de sopa de azeite e uma pitada de sal. Quando levantar fervura, retire do lume e junte 500 gramas de couscous. Deixe repousar 3 minutos, até a água ser absorvida, e leve a lume brando. Adicione 2 colheres de sopa de manteiga e mexa. Junte tomate cortado em pequenos cubos, ervilhas cozidas, corintos, amêndoas tostadas, sultanas e alperces laminados. Para finalizar, acrescente salsa picada e, se preferir um toque mais exótico, salpique com um pouco de canela em pó ou açafrão. 

Sugerir correcção