Coronavírus

O homem que descobriu que lavar as mãos salvava vidas – e foi ridicularizado por isso

Ignaz Semmelweis, um médico húngaro do século XIX, percebeu como combater uma misteriosa febre pós-parto que estava a matar muitas mulheres numa enfermaria. A culpa era dos seus colegas que não lavavam as mãos. Acabou ostracizado num manicómio.