Torne-se perito Opinião

O vírus e o regresso dos pavlovianos de serviço

É vê-los por aí a atacar a globalização capitalista, a destruição dos perfeitos equilíbrios naturais ou a perniciosa opção pela desvalorização das fronteiras civilizacionais, étnicas ou nacionais.

1. Como grande parte dos portugueses divido estes dias de reclusão forçada entre a descoberta do teletrabalho, no meu caso materializado na realidade das aulas à distância, e inesperados encontros com leituras improváveis. Um misto de acaso e necessidade, fruto de uma inevitável indagação sobre a repercussão histórica das epidemias, conduziu-me à leitura de uma curiosa obra de um autor não menos singular. A obra intitula-se O Concílio do Amor e é da autoria de Oskar Panizza.