Chris Costa
Entrevista

Dino d’ Santiago espanta o vírus no álbum surpresa Kriola

Sem aviso prévio, eis que lança um novo álbum, Kriola, que o confirma como uma das figuras mais fulgurantes do panorama musical luso dos últimos tempos. “Somos todos mistura. Somos todos crioulos”, diz-nos em entrevista, a propósito de um disco que pode ser ouvido aqui.

Nos dois últimos anos Dino d’ Santiago transformou-se num dos artistas de maior alcance em Portugal. Não era previsível. Algarvio, lisboeta, portista, português, de Santiago, filho de pais cabo-verdianos: assim se apresentava há dois anos, quando conversámos com ele, encetando aí um corte com o passado musical, depois de aventuras com soul, R&B ou hip-hop lá dentro (Dino & The SoulMotion, Expensive Soul ou Nu Soul Family). Mundu Nôbu, assim se chamava o álbum que o relançou em 2018, era outra coisa.