Deco alerta para problemas na Houseparty. Saiba como criar uma festa privada

A Deco não recomenda o uso da Houseparty devido aos dados que a aplicação partilha e à quantidade de dados móveis que gasta, mas há algumas técnicas para usar a aplicação com mais segurança.

,Videotelefonia
Foto
Damos algumas dicas para gerir melhor os dados que partilha DR

Esta quinta-feira a associação de defesa dos consumidores Deco avisou que não recomenda o uso da aplicação Houseparty. Nas últimas semanas, esta aplicação tornou-se uma das opções mais populares para reunir com os amigos, com muitas pessoas a utilizarem-na para fugir ao isolamento imposto pelo surto de covid-19, através de conversas de vídeo misturadas com jogos. Em Portugal, a aplicação da empresa Epic Games (que também é dona do videojogo Fortnite) teve um crescimento de 38.173% entre a primeira e a segunda semana de Março.

Embora vários especialistas de segurança não encontrem problemas óbvios na segurança da Houseparty, à semelhança da Deco alertam para o excesso de dados que são recolhidos, guardados e partilhados com terceiros, tais como empresas de publicidade e o Facebook. A aplicação também consome uma grande quantidade de dados móveis. A Deco diz que já contactou a Houseparty sobre estes problemas e está a aguardar as respostas.

Há, no entanto, várias formas de partilhar menos dados com a aplicação:

Impedir a Houseparty de saber onde está

A Houseparty só recolhe dados de geolocalização se o utilizador der autorização. Isto é útil para procurar utilizadores que também tenham a aplicação instalada na zona. Para reverter a autorização: abra a aplicação e carregue na carinha sorridente no canto superior esquerdo. Depois carregue no ícone a rosa (que lembra uma porca para aparafusar) no canto superior esquerdo.

No menu das Definições escolha Permissões (2ª opção) e desligue a opção de Localização.

PÚBLICO -
Foto

Impedir a aplicação de enviar notificações

Sempre que um utilizador entra na Houseparty, a aplicação manda notificações automáticas aos amigos do utilizador a dizer que “entraram na casa”. É possível anular esta acção. Basta carregar no ícone com uma carinha a sorrir no canto superior direito da aplicação > “Gerir notificações” (é a terceira opção no menu) > e desligar a  opção “enviar as minhas notificações”. A partir daqui o utilizador está “em modo fantasma”.

Activar modo privado

A aplicação foi criada para copiar uma festa no mundo real, em que as pessoas podem entrar facilmente noutras conversas. Para manter uma determina conversa privada, pode-se “trancar a porta” de entrada nas festas. Há duas formas de o fazer:

  • Trancar uma conversa específica ao carregar no ícone no canto superior direito.
  • Trancar todas as conversas. Carregue na carinha no canto superior direito da aplicação > Definições (ícone rosa que lembra uma porca para aparafusar) > Modo Privado.

Não associar a app ao perfil do Facebook

Para evitar que a aplicação sugira aos contactos do utilizador no Facebook juntar-se às suas “festas” com outras pessoas na aplicação, é uma boa ideia evitar que a app tenha acesso directo à rede social. Para isto: abra a aplicação da Houseparty > Carinha no canto superior esquerdo > Definições (ícone cor de rosa) > Permissões > Conectar com Facebook.

Aqui também pode impedir que a aplicação aceda aos contactos do utilizador no telemóvel.

Se quer apagar a conta

Os utilizadores preocupados podem sempre apagar a aplicação e a conta na Houseparty. Caso mudem de ideias, podem voltar a instalar. A forma de o fazer é diferente em iOS e Android.

  • Para Android: ainda não há uma opção directamente acessível na aplicação. É preciso enviar um email a [email protected] a partir do email utilizado no registo da aplicação com DELETE HOUSEPARTY no assunto.
  • Para iOS é mais simples: carregue no ícone com uma carinha a sorrir > Definições > Privacidade > Apagar a conta.

Ler a política de privacidade

Uma boa forma de saber o que partilha com qualquer aplicação é ler a política de privacidade. Na Houseparty, a informação está disponível no menu de definições. Isto permite saber, por exemplo, que:

  • A aplicação tem acesso ao endereço de IP do utilizador (identifica cada máquina ligada a uma rede informática), o tipo de aparelho que o utilizador está a utilizar, a data em que a aplicação usa o serviço, os serviços a que acede antes e depois, entre outros.
  • A aplicação tem acesso aos contactos do utilizador quando este partilha esses dados com a aplicação (é possível desligar isto nas definições). Isto é usado para alertar contactos do utilizador que têm um amigo na Houseparty. A aplicação diz que não partilha esta informação com terceiros.
Sugerir correcção