Fotogaleria

Nova Iorque, a cidade que nunca dorme está vazia

Nova Iorque pode continuar acordada, mas já não anda nas ruas.

Estátua da Liberdade durante o surto da doença por coronavírus (COVID-19) na cidade de Nova Iorque (EUA) Reuters/BRENDAN MCDERMID
Fotogaleria
Estátua da Liberdade durante o surto da doença por coronavírus (COVID-19) na cidade de Nova Iorque (EUA) Reuters/BRENDAN MCDERMID

A cidade não adormeceu. Recolheu-se. Tem sido assim nas últimas semanas, à medida que o contágio por covid-19 começava a fazer as primeiras vítimas e o medo alastrava e refugiava-se no interior das habitações.

A velocidade a que o novo coronavírus se espalhou na região de Nova Iorque é um exemplo de como é difícil travar uma doença contagiosa num mundo de viagens constantes entre continentes e de migrações diárias à volta de gigantescos centros urbanos.

Nova Iorque não é a única metrópele esvaziada. Este filme de ficção pós-apocalíptica não escolhe continentes. Veja mais aqui. 

Vista da ponte de Brooklyn quase vazia em Nova Iorque (EUA)
Vista da ponte de Brooklyn quase vazia em Nova Iorque (EUA) EPA/Alba Vigaray
Devido à falta de espaço, vítimas de COVID-19 aguardam ida para a morgue fora do Brooklyn Hospital Center em Nova Iorque (EUA)
Devido à falta de espaço, vítimas de COVID-19 aguardam ida para a morgue fora do Brooklyn Hospital Center em Nova Iorque (EUA) EPA/JUSTIN LANE
Um passageiro no comboio que serve o Aeroporto Internacional John F. Kennedy, Nova Iorque (EUA)
Um passageiro no comboio que serve o Aeroporto Internacional John F. Kennedy, Nova Iorque (EUA) Reuters/BRENDAN MCDERMID
Vista de uma ambulância em Nova Iorque (EUA)
Vista de uma ambulância em Nova Iorque (EUA) EPA/JUSTIN LANE
Uma pessoa com sinais de tratamento médico, foge da sala de emergência e é perseguida pela segurança do hospital Mount Sinai West, em Nova Iorque (EUA)
Uma pessoa com sinais de tratamento médico, foge da sala de emergência e é perseguida pela segurança do hospital Mount Sinai West, em Nova Iorque (EUA) EPA/Peter Foley
Um policia tira uma selfie no meio da rua, numa Times Square quase vazia,  Nova Iorque (EUA)
Um policia tira uma selfie no meio da rua, numa Times Square quase vazia, Nova Iorque (EUA) Reuters/BRENDAN MCDERMID
Madison Avenue vazia, Nova Iorque (EUA)
Madison Avenue vazia, Nova Iorque (EUA) Reuters/JEENAH MOON
Fila para receber uma refeição e abrigo junto  Missão Bowery, Nova Iorque (EUA)
Fila para receber uma refeição e abrigo junto Missão Bowery, Nova Iorque (EUA) EPA/JUSTIN LANE
A Grand Central Station quase sem pessoas, Nova Iorque (EUA)
A Grand Central Station quase sem pessoas, Nova Iorque (EUA) Reuters/EDUARDO MUNOZ
Ciclistas atravessam a Times Square quase vazia em Manhattan, Nova Iorque (EUA)
Ciclistas atravessam a Times Square quase vazia em Manhattan, Nova Iorque (EUA) Reuters/BRENDAN MCDERMID
Times Square,Nova Iorque (EUA)
Times Square,Nova Iorque (EUA) EPA/JUSTIN LANE
Times Square, Nova Iorque (EUA)
Times Square, Nova Iorque (EUA) EPA/JUSTIN LANE
Times Square, Nova Iorque (EUA)
Times Square, Nova Iorque (EUA) Reuters/EDUARDO MUNOZ
A  5ª Avenida, Nova Iorque (EUA)
A 5ª Avenida, Nova Iorque (EUA) Reuters/MIKE SEGAR
A 10a Avenida, Nova Iorque (EUA)
A 10a Avenida, Nova Iorque (EUA) Reuters/JEENAH MOON
Central Park, Nova Iorque (EUA)
Central Park, Nova Iorque (EUA) Reuters/JEENAH MOON
Avenida com vista para a parte baixa de Manhattan, em Jersey City, Nova Jersey  (EUA)
Avenida com vista para a parte baixa de Manhattan, em Jersey City, Nova Jersey (EUA) EPA/JUSTIN LANE
Sugerir correcção