Metallica: headbanging de trazer por casa

Agora longe das multidões, a banda mantém-se próximos dos fãs com uma prenda online.

Foto
Paulo Pimenta

Há cerca de um ano, estiveram no Restelo, em Lisboa, a bordo de uma digressão orientada para os estádios. Agora longe das multidões, os Metallica mantêm-se próximos dos fãs com uma prenda online.

A “digressão” virtual #MetallicaMondays arrancou a 23 de Março com Live at Slane Castle, gravado na Irlanda, a 8 de Junho do ano passado. Até ao final do isolamento, a banda de São Francisco compromete-se a transmitir, a cada segunda-feira, um concerto especial da sua carreira — e sem cobrar bilhete.

Para ver na hora (à 1h em Portugal), em comunhão com os outros elementos da grande família Metallica, ou mais tarde, já que cada vídeo fica disponível pelo menos até o próximo chegar. Basta sintonizar o canal de YouTube ou o Facebook.

Entretanto, pode ser que o recolhimento inspire os veteranos do metal a darem seguimento à discografia de originais, parada desde o álbum Hardwired... To Self-Destruct, de 2016.

Sugerir correcção