Previdência dos Advogados: “Quem não está a trabalhar pode suspender inscrição”

Governo não estendeu aos advogados apoios excepcionais concedidos aos trabalhadores independentes que ficaram sem poder exercer a sua actividade por causa da pandemia. Bastonário critica a sua própria Caixa de Previdência.

Foto
Enric Vives-Rubio

É simples e directa a resposta do presidente da Caixa de Previdência dos Advogados e Solicitadores às pressões de que tem sido alvo para reduzir as contribuições exigidas aos beneficiários: “Quem não estiver a trabalhar pode suspender a inscrição”, recorda Carlos Pinto de Abreu.