Cancelada edição de 2020 do São João de Braga

O São João festeja-se em Braga desde o século XII não havendo “registo histórico na contemporaneidade” de cancelamento das festas, mesmo com as duas Guerras Mundiais e com a gripe espanhola.

Foto
HUGO DELGADO / PUBLICO

As festas de São João em Braga, agendadas para Junho, não se vão realizar devido à pandemia covid-19, adiantou o presidente da associação a cargo da organização do evento, Firmino Marques, no final da tarde desta segunda-feira. “O ano de 2020 vai assinalar a anulação das festas do São João de Braga. É com enorme tristeza que trazemos esta mensagem”, afirmou o responsável, ex-vereador municipal e deputado na Assembleia da República pelo PSD desde 2019, num vídeo publicado na página de Facebook da Câmara Municipal de Braga.

O município, que assinala o feriado municipal no dia que celebra o santo, 24 de Junho, foi o primeiro no país a cancelar oficialmente as festas de São João. O presidente da associação de festas justificou a decisão com as potenciais consequências que o “aglomerado de pessoas” suscitado pelo evento poderia gerar para a saúde pública. Para Firmino Marques, a possibilidade de multidões durante a festa iria contradizer “as recomendações do Governo, da Direcção-Geral de Saúde e dos técnicos de saúde, enfermeiros e médicos, que estão na frente da batalha contra a covid-19”.

O São João, lembrou o responsável, festeja-se em Braga desde o século XII, altura em que foi construída capela de São João do Souto, no centro histórico da cidade, não havendo “registo histórico na contemporaneidade” de cancelamento das festas, mesmo com as duas Guerras Mundiais e com a gripe espanhola, no século XX.

Além da recomendação de “prudência” para com a saúde da população numa altura em que já se registaram 6.408 casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2) no país, 213 dos quais em Braga, Firmino Marques pediu aos munícipes que, em 2020, celebrem o São João interiormente, “de forma intensa e com muita alma”, antes das festas poderem voltar à rua em 2021.

Já há mais cancelamentos das festas de Junho mas nem Lisboa nem o Porto se pronunciaram ainda sobre o assunto.

Sugerir correcção