Design gráfico
Marco Neves Ferreira

Na pandemia não há fuga possível: a filosofia pode ajudar?

Reflexões sobre o que vem, o que deveria vir e o que desejamos que venha a seguir à pandemia da covid-19, sobre o medo da morte, quem salvar, ecologia, limites do Estado e a angústia do isolamento. Uma pequena ajuda da filosofia para a quarentena.

Vivemos dias estranhos e uma pandemia com características inéditas, mas as questões que emergem são iguais às de outras crises: o medo da morte, quem salvar, o poder do Estado, o confronto com nós mesmos, as marcas que vai deixar, se a seguir virá um “mundo novo”.