Cascais compra 2,7 milhões de euros em máscaras e termómetros a empresa de brindes

Autarquia usou regime excepcional da pandemia, que permite ajustes directos sem limite de valor. Há empresas de ferragens a fornecer máscaras a farmácias. Direcção-Geral da Saúde tem feito ajustes de milhões sem divulgar o que está a comprar nem em que quantidades.

Foto
Paulo Pimenta

O presidente da Câmara de Cascais, Carlos Carreiras, fez nos últimos dias ajustes directos no valor de 2,7 milhões de euros para comprar material destinado a proteger do novo coronavírus os profissionais de saúde do concelho, bem como polícias, bombeiros e elementos da Protecção Civil. Detalhe: máscaras, termómetros, luvas e restantes produtos foram adquiridos a uma empresa especializada em brindes.