Coronavírus

Os ecos da gripe de 1918 não param de crescer

Nenhuma doença provocou tantos mortos em tão pouco tempo como a gripe pneumónica de 1918. Quais são as lições a tirar da pandemia que surgiu no último ano da I Guerra Mundial? – pergunta-se em todo o mundo. O que se deve ou não encerrar, assistência domiciliária versus internamento hospitalar, também foram debates da época. Emergia igualmente a autogovernação da saúde e a vigilância sobre os outros, um antepassado da hashtag #fazatuaparte.