Da Coreia do Norte a São Tomé e Príncipe: os países que ainda escapam ao coronavírus

A lista tem por base os casos registados pelas autoridades e divulgados pela Universidade Johns Hopkins. Porém, importa sublinhar que poderão eventualmente existir casos que não foram ainda divulgados.

Foto
THOMAS PETER/Reuters

O novo coronavírus, que causa a doença covid-19, alastrou-se a quase todos os continentes, à excepção da Antárctida, tendo já causado mais de 500 mil casos confirmados e 21 mil mortes em todo o mundo.

Mas, até ao momento, há pelo menos 22 países, ilhas e territórios que continuam a escapar à pandemia de covid-19, de acordo com os dados divulgados pela Universidade Johns Hopkins. Porém, importa sublinhar que a seguinte lista tem por base os casos registados esta quinta-feira pelas autoridades — o que poderá significar que existem casos que não foram ainda divulgados.

Alguns destes países tomaram já medidas para prevenir e conter a propagação do novo coronavírus. É o caso de São Tomé e Príncipe, onde foi decretado o estado de emergência na semana passada, embora ainda não exista nenhum caso registado no país.

O Governo de Pyongyang, que garante não existir ainda “nenhum paciente com coronavírus” na Coreia do Norte, também impôs várias restrições, incluindo a limitação do uso de transportes públicos e o encerramento de fronteiras — embora analistas e médicos sul-coreanos duvidem dos dados revelados pelo Governo de Kim Jong-un. “Apesar do facto de a Coreia do Norte ter fechado as suas fronteiras e se ter recusado a permitir a entrada a viajantes chineses ou estrangeiros, é muito provável que alguns norte-coreanos já estejam infectados”, disse à Al-Jazira Roh Kyoung-ho, especialista em medicina laboratorial sul-coreano. “Acho que nem é possível contabilizar lá os casos, porque o sistema de Saúde da Coreia do Norte não está consolidado nem é avançado”, acrescentou.

Contudo, há ainda uma série de países que não têm quaisquer casos de infecção nas contagens oficiais. Veja aqui a lista dos países, ilhas e territórios que escapam para já, segundo dados da Universidade Johns Hopkins, ao novo coronavírus:

África

  • Burundi
  • Comores
  • Malawi
  • Botswana
  • Lesoto
  • Sudão do Sul
  • Sara Ocidental
  • Congo
  • Serra Leoa
  • São Tomé e Príncipe

Ásia

  • Coreia do Norte
  • Iémen
  • Tajiquistão
  • Turquemenistão

Oceânia

  • Estados Federados da Micronésia
  • Nauru
  • Quiribati
  • Vanuatu
  • Tuvalu
  • Ilhas Salomão
  • Tonga
  • Samoa