Os quatro maiores clubes da Alemanha doam 20 milhões aos clubes mais necessitados

Bayern Munique, Borussia Dortmund, Bayer Leverkusen e Leipzig vão distribuir dinheiro pelos emblemas mais aflitos.

O Bayern Munique é um dos quatro clubes que vai ajudar financeiramente os emblemas mais fracos do futebol profissional alemão
Foto
O Bayern Munique é um dos quatro clubes que vai ajudar financeiramente os emblemas mais fracos do futebol profissional alemão Michaela Rehle

Quatro dos maiores clubes alemães, incluindo Bayern Munique e Borussia Dortmund, vão em conjunto disponibilizar 20 milhões de euros para ajudar emblemas que estão em dificuldades financeiras, devido à pandemia de covid-19, anunciou nesta quinta-feira a Liga alemã de futebol (DFL).

“Esta acção demonstra que a solidariedade na Bundesliga não é uma palavra vazia. Estamos muito gratos aos quatros clubes envolvidos na Liga dos Campeões pela ajuda que estão a dar”, afirmou o presidente da DFL, Christian Seifert, referindo-se também ao Bayer Leverkusen e ao Leipzig.

Dos 20 milhões de euros, 12,5 surgem dos direitos de televisão e o restante dos “cofres” de cada um dos quatro emblemas. A DFL vai ficar responsável pela sua distribuição, de acordo com as necessidades de cada um dos emblemas da primeira e segunda divisão.

“Nestes tempos difíceis, o importante é que os mais fortes apoiem os fracos”, disse o presidente do Bayern Munique, Karl-Heinz Rummenigge.

Nos últimos dias, o presidente do Borussia Dortmund, clube em que alinha o português Raphael Guerreiro, deixou críticas à alegada “má administração” de alguns clubes, mas também optou por entrar no processo, devido à “situação excepcional” que o futebol está a viver.

“Sempre dissemos que seriamos solidários com os clubes que precisam, numa altura em que não conseguem sobreviver sozinhos”, frisou Hans-Joachim Watzke.

A Bundesliga e a 2.Bundesliga estão paradas desde o início de Março e assim vão continuar, pelo menos, até 30 de Abril, de acordo com a DFL.