Honorato, ZeroZero e outros restaurantes da Plateform reabrem para servir refeições para fora

Uma semana depois de fechar todos os restaurantes, o grupo Plateform decide reabrir vários espaços em Lisboa, Porto e Coimbra com serviço de entrega ao domicílio e take away. Honorato, ZeroZero e Honest Greens são algumas das marcas a aceitar encomendas.

,ZeroZero Parque das Nações
Foto
As pizzarias ZeroZero têm, pela primeira vez, serviço de entrega ao domicílio DR

Na quarta-feira passada, a Plateform (ex-Multifood) decidiu fechar os 150 restaurantes do grupo “por tempo indeterminado”, como medida de prevenção face ao surto de covid-19. Agora, alguns restaurantes do grupo estão a retomar actividade, disponibilizando serviços de entrega ao domicílio e de take away. Uma forma de “dar resposta às necessidades da sociedade” que, prevê o director-executivo do grupo em comunicado, se “vão acentuar cada vez mais nas próximas semanas”.

Para já, a iniciativa arranca em Lisboa, Porto e Coimbra e conta com a maior parte das marcas do grupo já presentes na aplicação Uber Eats. Em Lisboa, os restaurantes Honorato (Saldanha, Telheiras, Belém, Parque das Nações e Chiado), Vitaminas (Chiado), Wok to Walk (Alfândega) e Coyo Taco (Príncipe Real). No Porto, o Honorato (Clérigos) e Wok to Walk (Mouzinho da Silveira) reabrem a encomendas, assim como o Honorato em Coimbra.

A partir de quarta-feira, entram na equação alguns restaurantes de outras marcas do grupo em Lisboa: o restaurante Big Fish Poké (que já servia na plataforma) e, pela primeira vez com serviço de entrega ao domicílio, as pizzarias ZeroZero (Príncipe Real e Parque das Nações), o recentemente inaugurado restaurante de comida saudável Honest Greens (Parque das Nações) e o Tapisco do chef Henrique Sá Pessoa (Príncipe Real).

Também as mercearias gourmet DeliDelux reabrem com serviço de entrega das “refeições prontas Grab n'Go”, sendo que o espaço em Santa Apolónia vai estar aberto ao público como habitualmente, “seguindo as regras aplicadas aos supermercados”.

Para já, os pedidos apenas podem ser feitos “através da plataforma Uber Eats e por take away, todos os dias da semana, entre as 12h e as 22h”. O grupo garante ainda que “todo o serviço respeita as mais rígidas regras de higiene e segurança”. “Todas as equipas terão também um controlo periódico de temperatura e gel desinfectante à disposição”, lê-se no comunicado.

À excepção do Tapisco de Lisboa, mantêm-se encerrados os restaurantes de assinatura do grupo: Alma e Cais de Pedra, de Sá Pessoa; Pesca, do chef Diogo Noronha, no Príncipe Real; e a Sala de Corte e o Tavares, no Chiado.