Edifício do Governo Regional da Madeira encerrado, depois de caso de covid-19

No edifício do Campo da Barca trabalham cerca de 500 pessoas. Nos próximos dias será feita uma desinfecção de todos os espaços.

Rua
Foto
LUSA/HOMEM DE GOUVEIA

Um edifício que acolhe vários serviços do Governo Regional da Madeira, no Funchal, foi encerrado esta manhã, depois de ter sido confirmada a infecção pela novo coronavírus de um funcionário, informou, em comunicado, a Secretaria Regional de Saúde e Protecção Civil.

No edifício do Campo da Barca trabalham cerca de 500 pessoas nos serviços dependentes da Secretaria Regional de Equipamentos e Infra-estruturas, Secretaria Regional do Ambiente e Alterações Climáticas e a da empresa pública Investimentos Habitacionais da Madeira.

“Está em curso a investigação epidemiológica, e nos próximos dias será feita uma desinfecção de todos os espaços do edifício do Campo da Barca. Os funcionários vão cumprir quarentena no seu domicílio”, adianta o comunicado.

Todos, acrescenta o documento, foram informados da importância do cumprimento de todas as recomendações, bem como de proceder a autovigilância, e sobre o que fazer no caso de apresentarem algum sintoma (ligar para a linha SRS24 Madeira, 800 24 24 20).

No último balanço oficial, as autoridades regionais confirmaram a existência de nove casos de covid-19: três homens e seis mulheres, com idades compreendidas entre os 60 e os 79 anos.

Os doentes, cinco portugueses residentes no arquipélago e quatro dos Países Baixos, estão em situação clínica estável. Oito foram internados no Hospital do Dr. Nélio Mendonça, no Funchal, numa ala preparada para a covid-19, e um está em tratamento domiciliário.

Sugerir correcção