Não atire para o lixo, coma

Se não quiser fazer fritos em casa, Sara Oliveira, no livro Saudável e sem desperdício, sugere aproveitarmos as cascas das maçãs

Foto
Sarah Gualtieri/Unsplash

Não, os supermercados não vão fechar, mas como é pouco aconselhável sair para ir às compras, o melhor é conseguir esticar o mais possível o que se tem em casa e ser criativo.

Sabe aquelas casquinhas de batata-doce que surgem como couvert em alguns restaurantes? Em casa também as conseguimos fazer. E não só. Basta lavar bem as batatas, as cenouras, as courgettes, descascá-las, pô-las em água com vinagre, secá-las bem e fritá-las.

Mas se não quiser fazer fritos em casa, Sara Oliveira, no livro Saudável e sem desperdício, sugere aproveitarmos as cascas das maçãs e fazê-las no forno. Assim: deixar as cascas 20 minutos de molho com uma colher de sopa de vinagre e uma de chá de bicabornato de sódio. Depois secá-las bem e levá-las ao forno, 160º. Caso queira, pode polvilhar as cascas com canela e pó.

Deixá-las no forno dez minutos. Depois, virá-las e são mais dez minutos. Desligar o forno, deixando as cascas lá dentro para irem secando com o calor residual. Quando o forno estiver frio, retire as cascas e coloque-as num frasco onde podem ficar duas a três semanas. Estaladiças. 

Sugerir correcção