Torne-se perito

Madeira lança vídeo para dizer aos turistas: não nos visitem agora, fiquem onde estão, dream online

O arquipélago quer inspirar os turistas a fazerem planos. “Clique à vontade e sonhe. Há tanto para fazer depois.” Para já, é apenas em inglês.

Foto
"Fique onde está. A Madeira estará aqui, à sua espera"

Depois do Turismo de Portugal e do Turismo do Centro, chegou a vez da Madeira.

Stay home now. Dream online. Visit us later”. Este é o mote da campanha, para já apenas em inglês (terá também versão em português), lançada nas redes sociais pela Associação de Promoção da Madeira, incentivando os turistas a permanecer em casa por agora, mas a regressar no futuro ao Melhor Destino Insular do Mundo.

“O oceano é uma inspiração. É também o que nos une. P or agora, surf só online. Descubra as experiências, clique à vontade e sonhe. Há tanto para fazer depois. Com mais emoção, mais beleza, mais natureza. Não se esqueça de sonhar, mas lembre-se: fique onde está. A Madeira estará aqui, à sua espera. Mas por agora fique em casa, mantenha-se protegido.”

“É a Madeira de outra forma”, escuta-se no final do vídeo, numa altura em que o mundo vê as suas fronteiras físicas fechadas. Porém, lê-se no comunicado, “as fronteiras digitais continuam abertas e prontas para nos fazer sonhar com dias melhores”. Então faça-se da nova maneira: “Clique. Siga na levada e descubra uma cascata escondida na natureza. Clique. Mergulhe no mar cálido. Clique. Entre nas casas típicas de Santana. Clique. Clique. Clique.” E brinde-se com uma poncha, claro.

A campanha, “global”, como explicou Maria José Gonçalves, da direcção da Associação de Promoção da Madeira (APM), à Fugas, foi lançada em inglês “por ser a língua mais universal”; contudo, assegura por email, “o vídeo contará com legendagem em português, espanhol, francês e alemão para abarcar a grande maioria dos mercados”. Além das redes sociais da APM, o vídeo está disponível no YouTube:

O Turismo do Centro de Portugal foi o primeiro a lançar um vídeo semelhante, com um emotivo Haverá Tempo. 

Já o Turismo de Portugal lançou um vídeo para os turistas internacionais: também um alerta para que fiquem em casa, não visitarem o país agora mas esperarem. “Esperança” é a palavra-chave – até o slogan mudou de #CantSkipPortugal para #CantSkipHope (o convite a não deixar de vir a Portugal é substituído pelo convite a ter esperança).