Receba a refeição em casa e ofereça uma ao seu vizinho

A COOKOO, plataforma de entrega de refeições em Lisboa, oferece, por cada encomenda, uma segunda refeição a um vizinho idoso que necessite.

Foto
Pratos de um dos restaurantes da plataforma, o Inocente dr

A ideia lançada pelo COOKOO – The Kitchen Hub, plataforma de entrega de refeições ao domicílio, é a de que os mais jovens, que pertencem a um grupo de menor risco de infecção pelo novo coronavírus, ajudem os mais idosos, encomendando comida que dê para duas casas.

A campanha chama-se “2 por 1 vizinho” e, explica o COOKOO, visa ajudar os que “não podem sair de casa para fazer compras” e que, em alguns casos, “não têm acesso à internet ou conhecimentos digitais que lhes permitam encomendar refeições”. Assim, a empresa sugere que os lisboetas mais jovens peçam comida a dobrar, “ficando o custo da refeição do vizinho por conta do COOKOO” (se o valor atingir pelo menos 16€).

“Acreditamos que, se nos unirmos, podemos fazer a diferença e ultrapassar esta situação de pandemia da melhor forma possível”, disse Pedro Sanches, co-fundador da empresa. A iniciativa, que já arrancou, prolonga-se até ao dia 27 de Março.

As encomendas (almoço e jantar) podem ser feitas no site ou na app, que dão acesso aos vários restaurantes disponíveis – são sete, que vão da comida italiana, à mexicana, passando pelo sushi, a “comida saudável” e uma opção vegetariana – e é preciso usar o código #2x1vizinho. A entrega é feita em casa “sem taxa associada”.

Quanto às questões de segurança, a COOKOO garante que foram reforçadas as medidas de higiene em todo o processo e sugere que os pagamentos sejam feitos online ou com cartão de crédito, “evitando o contacto com o estafeta, que fará a entrega também sem tirar o capacete”.

A empresa refere ainda que as encomendas podem ser feitas com até quatro dias de antecedência.