#CompraAosPequenos, uma iniciativa para apoiar os pequenos negócios

São várias as empresas a procurar alternativas para continuar a funcionar, como entrega ao domicílio, masterclasses online ou vouchers. O #CompraAosPequenos pretende ajudar a partilhar e organizar a informação para “apoiar os pequenos negócios”.

Foto
daniel rocha

O surto de COVID-19 está a ter um grande impacto negativo na economia e a obrigar muitos negócios a fechar para evitar a propagação do surto. Vários restaurantes estão a apostar na entrega ao domicílio, bem como algumas mercearias. O #CompraAosPequenos pretende “apoiar os pequenos negócios e empreendedores portugueses que se debatem pela subsistência durante a crise actual de saúde pública”.

A iniciativa foi criada pela Menos Hub, uma comunidade que trabalha diariamente com “negócios individuais ou familiares de pequena dimensão que trabalham muito, todos os dias, para sobreviver”, afirma João Duarte, o fundador da Menos Hub.

O movimento está a elaborar um directório das empresas que se estão a reinventar e a desenvolver soluções inovadoras numa altura em que as pessoas estão em isolamento. Desde vouchers “compre agora para usufruir depois” a entregas ao domicílio, masterclasses e prestação remota de serviços, todos estarão listados numa plataforma digital que está a ser construída.

Por enquanto, a lista está num documento Google Docs, que já conta com quase 40 negócios de todo o país. As pequenas empresas de vários sectores explicam o que podem oferecer a quem não pode sair de casa. Desde comida com entrega ao domicílio a aulas online de yoga ou ginásio, as propostas são variadas. Todos apresentam links para as suas redes sociais e sites, para facilitar a comunicação. 

“São estes pequenos negócios que estão a sofrer mais com a situação que vivemos hoje e que, a cada dia que passa, ameaça a sua sobrevivência. A pequena economia de amanhã depende de nós hoje”, sublinha o fundador.

Texto editado por Ana Fernandes

Sugerir correcção