O futuro será de todos

A vida de um repórter fotográfico segundo o próprio.

Adriano Miranda
Fotogaleria
Adriano Miranda

Somos quatro. Já o somos há quinze anos. Mas nunca passámos tanto tempo juntos. Ou seja, em quatro paredes. O vírus assim nos obriga. Sentimos falta do burburinho do trânsito, dos colegas da Universidade, dos gritos das crianças, das futeboladas e dos treinos. Eu sinto falta da redacção do PÚBLICO. Dos camaradas. Da segunda família. Se fotografar é como respirar, não existe vírus que entre no sensor. Dentro de 4 paredes também se pode dar asas à revolta que se sente. Olharmos à janela e vermos o mundo vedado. Fotografar é agora um acto de sobrevivência. O futuro será de todos.

Adriano Miranda
Adriano Miranda
Adriano Miranda
Adriano Miranda
Adriano Miranda
Adriano Miranda
Adriano Miranda
Adriano Miranda
Adriano Miranda
Adriano Miranda
Adriano Miranda
Adriano Miranda
Adriano Miranda
Adriano Miranda
Adriano Miranda
Adriano Miranda
Adriano Miranda
Adriano Miranda
Adriano Miranda
Adriano Miranda
Adriano Miranda
Adriano Miranda
Adriano Miranda
Sugerir correcção