Castelo Branco e Santarém foram os distritos com mais incidentes ambientais urgentes

Equipa de emergência do Ambiente realizou 54 acções urgentes desde que foi criada. O sector da pasta de papel foi o mais visado.

,Poluição
Foto
A 24 de Janeiro de 2018 foi detectada uma carga poluente na região de Abrantes e as autoridades concluíram que teve origem em descargas da indústria da pasta de papel Paulo Cunha/Lusa

A Unidade de Intervenção Rápida (UIR), da Inspecção-Geral da Agricultura, Mar, Ambiente e Ordenamento do Território (IGAMAOT), realizou 54 acções urgentes desde a sua criação, em Abril de 2017 até final de 2019. Esta unidade é uma equipa de emergência do Ambiente, que é accionada em caso de necessidade de adopção de medidas cautelares ou preventivas urgentes. Actua sempre que se detectam situações que ponham em risco as pessoas e bens.