Vittorio Gregotti (1927-2020): o arquitecto do CCB foi “a primeira vítima ilustre” da covid-19 em Itália

O arquitecto, que tinha 92 anos, foi também um dos mais importantes teóricos e ensaístas do neo-racionalismo italiano. Em Lisboa, desenhou um edifício que se tornou símbolo do Portugal democrático.

Fotogaleria
Vittorio Gregotti em 2008 LEONARDO CENDAMO/GETTY images
Fotogaleria
Vittorio Gregotti, autor do Centro Cultural de Belém, com Manuel Salgado LUIS RAMOS/LUIS RAMOS

O arquitecto italiano Vittorio Gregotti, autor do Centro Cultural de Belém (CCB), em Lisboa, morreu este domingo de manhã em Milão, vítima de covid-19, noticiou o jornal Corrierre della Sera. Tinha 92 anos. “É a primeira vítima ilustre do coronavírus em Itália”, escreve o La Repubblica. Segundo o Corrierre della Sera, o arquitecto italiano morreu na sequência de uma pneumonia agravada pela infecção do SARS-CoV-2.​