Coronavírus: duas famílias internadas no S. João recebem alta clínica

Seis pessoas continuarão a ser testadas em casa, visto ainda não terem registado duas amostras negativas intervaladas ao coronavírus. Primeira recuperação foi registada na mesma unidade hospitalar, na quinta-feira.

Hospital de São, no Porto, recebe a maioria dos casos de coronavírus no país
Foto
Hospital de São, no Porto, recebe a maioria dos casos de coronavírus no país LUSA/ESTELA SILVA

Depois de, na quinta-feira, o Hospital de São João, no Porto, ter registado o primeiro caso de recuperação no país de um doente com covid-19 em Portugal, mais duas famílias poderão regressar a casa, após terem recebido alta clínica.

Ao que o PÚBLICO apurou, estes seis pacientes ainda não podem ser considerados curados, visto que  não foram registadas duas amostras negativas intervaladas. Contudo, os pacientes estão assintomáticos e regressarão a casa. Vão receber o acompanhamento de equipas médicas, sendo testados até poderem ser considerados completamente recuperados.

De acordo com o mais recente boletim da Direcção-Geral da Saúde (DGS) divulgado esta sexta-feira há 112 casos confirmados de coronavírus em Portugal. Dos 112 casos, 107 estão internados. Ao todo, existem 1308 casos suspeitos de infecção e há ainda 172 casos a aguardar resultado laboratorial. 

Há 53 casos registados na região Norte, 46 na região de Lisboa e Vale do Tejo, seis casos no Algarve e outros seis casos na região Centro. Não há ainda casos de infecção no Alentejo e nas ilhas. Há ainda um caso de uma pessoa infectada com residência no estrangeiro. 

Há 11 cadeias de transmissão activas e há casos importados de Espanha (nove), França (cinco), Itália (15), Suíça (três) e um da Alemanha e Áustria. 

Há 16 pessoas infectadas com menos de 19 anos e 33 pessoas que têm mais de 50 anos. A maior parte dos infectados apresenta tosse (65%) e há também casos de febre (48%), cefaleia (39%), dores musculares (37%), fraqueza generalizada (24%) e dificuldade respiratória (12%). 

Sugerir correcção