Coronavírus: aluna que espalhou boato sobre uma infecção em Elvas vai cumprir trabalho comunitário

O Agrupamento escolar confirmou à Rádio Elvas que a informação de que uma docente infectada com o novo coronavírus não passa de um boato.

Foto
Forte da Graça, Elvas Mario Lopes Pereira

Na Escola Secundária D. Sancho II, em Elvas, distrito de Portalegre, uma aluna fez circular uma mensagem onde dizia existir um caso de infecção pelo novo coronavírus, nomeadamente uma professora, no estabelecimento de ensino.

Fonte do Agrupamento de Escolas nº 3 de Elvas confirma que “existiu efectivamente esse boato, em relação a uma docente” mas garante que “não passa disso. Um boato”.

Segundo a Rádio Elvas, após identificar a autora da mensagem, o Agrupamento actuou e, como medida disciplinar pelo acto praticado, a aluna vai fazer trabalho comunitário nos próximos dias.