Conselho de Ministros

Governo declara “estado de alerta em todo o país”

Escolas sem aulas, mas não encerradas, funcionários e professores continuam a trabalhar. Trabalhadores em isolamento profiláctico recebem 100% da remuneração, apoio a trabalhadores por conta de outrem que ficam em casa com filhos pago a 66%. As medidas foram anunciadas na conferência de imprensa do Conselho de Ministros, esta madrugada.